Central de Atendimento: [email protected] | Perguntas Frequentes

Área do Aluno


ou



Os dermocosméticos estão se tornando cada vez mais eficazes

Com a ascensão da Era do autocuidado e a busca pela melhor aparência, a busca por procedimentos estéticos aumentaram e, consequentemente, a indústria precisou se adaptar às novas demandas.

Os dermocosméticos estão se tornando cada vez mais eficazes, oferecendo uma maior permeabilidade e resultados cada vez mais aparentes e duradouros.

Esses produtos são essenciais para o tratamento de disfunções estéticas, como manchas, acne, linhas de expressão e rugas.

Os dermocosméticos são classificados sanitariamente como produtos de risco grau 2, tendo em vista que contêm em suas fórmulas bioativos como os ácidos e vitaminas, por exemplo.

Mesmo pertencendo ao grau 2, esses produtos podem ser tanto em casa, para potencializar os resultados quanto por profissionais da estética para a conduta terapêutica.

Com os dermocosméticos, os profissionais da estética têm as ferramentas necessárias para tratar queixas dos pacientes.

Existem diversos ativos que compõem os dermocosméticos, aqui, vamos dar destaque a dois que são bastante populares: vitamina C ou ácido ascórbico e o ácido hialurônico. Ambos os ativos estão presentes em um grande leque de dermocosméticos disponibilizados no mercado, podendo ser utilizado tanto em tratamentos estéticos quanto nas práticas de skin care caseira.

O ácido ascórbico e o ácido hialurônico são excelentes ativos para a revitalização, redução dos radicais livres em excesso na pele, maior hidratação, redução da flacidez e até mesmo para o clareamento de manchas.

O envelhecimento da pele pode ser prevenido com o uso desses dois ativos e podemos entender melhor como os produtos funcionam para esse fim ao entender os tipos de envelhecimento.

Esse processo natural da pele pode ser do tipo intrínseco e o extrínseco.

No caso do envelhecimento intrínseco, esse é um processo das próprias células que ocorrem de forma natural, com o passar dos anos.

Por outro lado, o envelhecimento extrínseco tem os fatores externos como grandes vilões.

Então, por exemplo, a alta exposição aos raios ultravioletas (UV), poluição, álcool e cigarro em excesso e até mesmo a má alimentação e sedentarismo podem acelerar o processo de envelhecimento da pele.

Nessa realidade, a hidratação é uma importante ação que deve ser tomada, com o intuito de auxiliar as células da pele a cumprir os seus devido propósitos.

Para otimizar o processo de hidratação e aumentar a viscosidade da pele, produtos que contam com ácido hialurônico e ácido ascórbico são fundamentais, contribuindo para a redução da formação de rugas, flacidez e linhas de expressão.

Imagem Interna



Este artigo pertence ao Curso de Estética Facial Básico

Faça o Curso completo grátis!!
Cursos Escola Educação © 2014 - 2021. Todos os direitos reserva